A decisão de sempre nivelar por cima

Quando comecei no Marketing de Rede, eu não tinha qualquer conhecimento ou postura de líder. Muito pelo contrário, aos 17 anos, meu “perfil” era de estudante rock’n’roll…

Mas o destino me presenteou com o melhor mentor que eu poderia ter, naquele momento.

Aos 19 anos, Mario era estudante de direito e era o quarto na minha linha ascendente. Sua experiência em Marketing de Rede também era “brilhante”. Recém-qualificado ao nível de 6% (segundo degrau daquele plano), devia estar ganhando bônus milionários de uns R$ 200…
Parece piada, mas é seríssimo. Sua atitude era realmente a de um milionário. O modo como me orientou naquelas primeiras 72h simplesmente determinou o meu futuro.

Por que ele agia assim? Porque também estava sendo moldado por líderes fantásticos: André, Flávia, João Paulo, Andrea, Arthur, Philipe e Daniel, todos ainda muito jovens (abaixo dos 30), sem muita experiência em negócios, mas com sede absurda de aprender, construir e vencer.

Nunca vou cansar de agradecer pela sorte de ter caído naquela equipe, naquele negócio, naquele momento, pois foi ali que aprendi a essência deste negócio, a magia que provoca o despertar e o desenvolvimento de líderes improváveis, conectando-os a sistemas e processos cuidadosamente planejados para transformar carvões em Diamantes!

Hoje, me entristece ver que a maioria dos “sistemas de treinamento” não passam de engrenagens soltas, desorganizadas, que promovem a motivação vazia, interesseira, ensinando os novatos a saquearem redes alheias, como se o sucesso nesta indústria maravilhosa dependesse da migração de “volumes”.

É compreensível, pois somente um Diamante é capaz de lapidar outros diamantes…

Obviamente, há muitos detalhes em todo esse processo, mas tudo parte de dois princípios inegociáveis:

1. Acreditar cegamente no potencial de todas as pessoas
2. Sempre nivelar por cima

Não importa onde a pessoa está, mas onde pode chegar. Não importa o que ela sabe, mas o que deseja aprender. Não importa seu resultado, mas sua evolução dia após dia.

Até hoje não sei porque o Mario acreditou em mim, mas sei o quanto perceber isso me transformou.

Não há nada mais poderoso do que saber que o seu mentor acredita que você pode ir além dos seus limites!

Não há nada mais estimulante do que um grupo de amigos que te puxa com toda a força pra cima, de verdade, sem mimimi!

Não tem nada a ver com pontos e cifrões, mas com o quanto você é capaz de aprender a realizar quando está disposto!

Meu time sabe que eu só vejo Diamantes, porque sempre os vejo anos à frente, levando a vida que merecem!

É uma visão generosa, mas igualmente ambiciosa!

Nosso foco é construir confiança, construir sonhos, construir planos, construir caminhos, construir propósito, construir liderança, construir valor, construir significado, construir experiência, construir elevação, construir vida que vale a pena ser vivida, do jeito que tem que ser!

Estamos formando uma nova geração de líderes extraordinários!

Bônus é bônus!

Sucesso a todos!